Pintura de motores marítimos

Engana-se quem acredita que motores são todos iguais e servem apenas para gerar energia e força. Dependendo da sua função, eles possuem uma estrutura, peças e até um design diferenciado para garantir a segurança e o desempenho do equipamento que estão instalados.

Os motores marítimos são um exemplo! Sua pintura possui detalhes especiais e interessantes que fazem um item a ser explorado. Ficou curioso? Siga as perguntas abaixo e esclareça as dúvidas relacionadas a esse tema!

As tintas dos motores marítimos possuem componentes diferenciados?

Sim, como os motores ficam em ambientes salubres, principalmente por causa da maresia, eles recebem uma tinta epoxi cuja a composição é diferente de outro tipo de motores. Elas possuem propriedades anticorrosivas para garantir a durabilidade dos equipamentos, já que sabemos que a combinação de umidade + sal + metal = ferrugem.
Além disso, elas suportam altas temperaturas, sendo um mecanismo de segurança, já que serve de barreira (até determinada temperatura), evitando vazamentos de líquidos inflamáveis.

Por que os motores marítimos da FPT são claros?

O ambiente onde os motores estão situados, porões, proas, casa de máquinas tendem a ser pouco iluminados. Assim, quando o tom do motor é claro, fica mais fácil identificar algum problema como corrosão ou líquidos. É considerada como mais uma medida de proteção.
Também facilita na hora de limpar o equipamento.

E o design?

Claro que o fator de design também é considerado na hora de escolher a cor! A tintura é algo que vai além da proteção, sendo a estética uma preocupação dos engenheiros da FPT na hora de desenvolver um novo produto. A opção pela tinta branca é uma delas!
Confira aqui abaixo como as cores impactam na beleza do motor:

O que achou? Não deixe de postar seu comentário aqui abaixo e compartilhe nas redes sociais.

Embarcação blindada para operação militar na Amazônia carrega motor FPT Industrial

A DGS Defense, Empresa Estratégica de Defesa, em parceria com a FPT Industrial lançam o 888 RAPTOR, com motor N67. Embarcação tática fluvial blindada de alto desempenho, a DGS 888 RAPTOR tem 9,2 metros de comprimento, capacidade de carga superior a 2.000 Kg, visão termal estabilizada, radar de ultra-alta definição e 4 estações para armamento calibres 12,7 e 7,56 mm, atendendo e superando todos os requisitos operacionais e logísticos desejados para uma embarcação dessa categoria.

Tudo isso, impulsionado pelo motor N67 da FPT Industrial, capaz de garantir uma melhor eficiência mesmo nas situações mais exigentes, sem comprometer a vida útil do motor. Este desempenho competitivo é suportado por redução de ruído e vibrações criando uma sensação de navegação extremamente favorável. O motor da FPT Industrial se enquadra na faixa de propulsores “High Speed”. É constituído por 6 cilindros em linha e com volume de 6.7 litros. Equipado com um turbocompressor de alta eficiência, gera 570 hp de potência.

A FPT Industrial, que possui no seu portfólio motores para máquinas agrícolas e de construção, caminhões, ônibus e Grupos Geradores, além dos barcos, desenvolveu o motor N67 para a DGS 888 RAPTOR com características específicas para essa aplicação como confiabilidade e robustez. Para Marco Rangel, Presidente da FPT Industrial, “Fazer parte desse projeto da DGS marca a entrada da FPT Industrial no mercado marítimo no Brasil. No mundo somos referência nessa aplicação, e toda a nossa experiência só irá beneficiar o nosso cliente e o mercado brasileiro”, conclui o executivo.

Além disso, a DGS 888 RAPTOR possui capacidades únicas, como navegar em locais com apenas 50 centímetros de água, mesmo em presença de objetos na superfície ou semi-submersos, como troncos de árvores, além de transportar 15 homens a distâncias superiores a 500 km, a uma velocidade média de 60 km/h.

Uma das maiores vantagens da DGS 888 RAPTOR é ser 100% fabricada com um copolímero de alto peso molecular, conferindo características exclusivas como, por exemplo, retardo de chama, ser insubmergível (por ter uma densidade menor que a água) e ter elevada capacidade de absorver choques, o que a diferencia das embarcações feitas em fibra de vidro e alumínio.

Assista no vídeo abaixo o DGS 888 RAPTOR em ação!

Peculiaridades dos motores marítimos

Navegar é preciso e, para isso, é preciso uma confiança extra e muita propulsão. É por isso que motores marítimos e motores para carros e caminhões são muito diferentes: o ambiente de aplicação diferenciado torna os motores marítimos muito mais complexos.

Motores marítimos são feitos para resistir literalmente até debaixo d’água, passando por modificações que lhes permitem realizar o trabalho pesado mesmo sob circunstâncias severas. Um grande número de sistemas e componentes são adicionados para aumentar a performance e garantir a segurança sem sofrer efeitos corrosivos causados pela água. Para começo de conversa, os impulsores de bomba marinhas geralmente têm componentes de cerâmica, placa de suporte de aço inoxidável e impulsor de bronze ou borracha para resistir à uma possível corrosão de água doce ou salgada.

Outra diferença fundamental é o sistema de refrigeração água/água, onde a bomba aspira água bruta (água do mar por exemplo) de fora para dentro do trocador de calor acoplado ao motor, ao contrário de um sistema de refrigeração água/ar para veículos terrestres, que utilizam o ar atmosférico que passa pelo radiador e realiza o processo de troca térmica. Vale lembrar que ambos os sistemas utilizam fluido de arrefecimento com propriedades anticongelamento e anticorrosão mais água limpa que circula somente dentro das galerias do motor.

Peculiaridades dos motores marítimos
Todas essas adaptações são necessárias pois quem trabalha em embarcação sabe que o dia a dia é puxado – e isso não é só para a tripulação, mas também para o motor que precisa ser confiável, versátil, eficiente e seguro. É dessa propulsão que dependem os profissionais a bordo e os clientes em terra firme ou até mesmo o momento de lazer.

Os motores marítimos têm demanda tanto para embarcações com fins profissionais ou não. Em ambos os casos a FPT conta com uma gama de opções de 85 a 500 CV, desenvolvida especificamente para aplicações profissionais e caracterizada por um design robusto e um layout funcional.

Motores marítimos FPT: Barcos equipados por tecnologia confiável e segura

O setor marítimo também conta com o design, a confiabilidade e os baixos custos de operação e manutenção dos motores da FPT Industrial. Os motores de embarcações, que abrangem 4 séries e várias versões, de 15 a 825 HP, permitem o acompanhamento da evolução dinâmica do mundo marítimo profissional e de passeio.

As tecnologias e os métodos de produção aplicados aos barcos são: Common Rail de alta pressão e sistemas de injeção UI (Unidade de Injeção), alimentação por 4 válvulas por cilindro, gerenciamento eletrônico completo com otimização da potência e do consumo, emissões baixas, proteção do motor, diagnóstico e programas de segurança. Entre os recursos dessa linha destacam-se a saída especial alta, as relações de peso/potência e volume/potência reduzidas, o ruído e as emissões de gás de escape baixos, tudo em conformidade com as principais normas do setor marítimo (IMOMARPOL – 2003/44/EC – 2004/26/EC – CCNR – EPA). Vale ressaltar que todos esses recursos atendem a requisitos rigorosos para uma gama de embarcações de até 24 metros, criando a sensação de uma navegação potente, mas extremamente confortável.

Uma curiosidade: o barco FB 41’ SF (FB Design), vencedor do recorde da rota Nova York – Bermuda (setembro de 2012), é equipado por dois motores Cursor 9 da FPT Industrial com 650 HP.