Acontece, Produtos

Manutenção preventiva pelo melhor funcionamento do motor

Todas as máquinas, equipamentos e automóveis necessitam passar por uma revisão depois de determinado tempo de uso para evitar possíveis problemas ocasionados pelos desgastes das peças. A assim chamada manutenção preventiva busca manter o motor em seu melhor funcionamento.

A intenção de realizar uma manutenção preventiva é reduzir a probabilidade de falhas de seu motor e de seu equipamento/máquina em geral. Estas inspeções organizadas reparam e ajustam defeitos e variações das peças, dessa forma evitando anomalias e irregularidades. Além disso, reduz o risco de fundir o seu motor.

Normalmente, o período recomendado para uma revisão vem de históricos dos fabricantes ou de certos quilômetros rodados. Enquadram-se nessa categoria as revisões sistemáticas do equipamento, as lubrificações periódicas, os planos de inspeção de equipamentos e os planos de calibração e de aferição de instrumentos. Em um automóvel, uma revisão implica em inspecionar os freios, sistema de arrefecimento, filtro de ar e combustível, troca de óleo, velas, alinhamento e balanceamento.

Manter-se em dia com as manutenções preventivas é uma boa forma de economizar dinheiro, uma vez que um motor desregulado e com peças desgastadas consome mais combustível e diminui o seu rendimento e desempenho. Realizar estas revisões é válido para todas as máquinas e veículos, mesmo aqueles que não estejam em uso regularmente. Mesmo parados, os motores poderão sofrer desgastes naturalmente.

É importante considerar também que manter nossas máquinas e automóveis em bons estados e revisados significa contribuir também para a preservação do meio ambiente. Na maioria das vezes, um equipamento emite mais gases poluentes do que o normal quando não está em dia com a manutenção.

São benefícios da manutenção preventiva: Redução do envelhecimento ou degeneração do equipamento; bom estado técnico e operacional; prevenir interferências externas que irão gerar alto custo para corrigi-los; reduzir riscos de falhas e quebras; manter-se conservado.

Então não dê bobeira, faça já a sua manutenção preventiva e evite dores de cabeça.

E lembre-se: Consulte sempre o manual do seu veículo para estar antenado nas revisões.

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *