Inovação, Motor

Nova geração do motor F1A chega ao mercado nacional em 2018

Um dos motores mais vendidos pela FPT no mundo inteiro, o F1A ficou ainda mais potente, gerando 130 cv e com capacidade para até 2.3L. Produzido pela FPT Industrial em Sete Lagoas (MG), o motor F1A é resultado dos últimos anos de desenvolvimento dessa família focada em veículos comerciais leves, sempre alinhada com os principais critérios da FPT: máximo rendimento e performance, com conforto e confiança.

Esta nova geração de motores F1A chega ao mercado nacional equipando os modelos 2018 do novo Fiat Ducato, lançado no Centro de Treinamento da Fiat Chrysler Automobiles (FCA), em Campinas (SP).

Nova versão do F1A

A nova geração do F1A também ficou mais silenciosa, com menos vibrações e ruídos, produzindo até 5db a menos que os seus principais concorrentes, assegurando o conforto e a segurança do motorista durante o ciclo de trabalho. Além disso, esta geração vem equipada com a nova transmissão de seis marchas e teve o regime do motor otimizado, melhorando sua eficiência nas ruas e estradas e diminuindo ainda mais o consumo de combustível. Um grande upgrade!

Outro detalhe interessante do F1A é a sua injeção Common Rail de última geração, com quatro válvulas por cilindro, sistema de válvula hidráulica que dispensa manutenção e sistema de admissão de ar avançado. Você sabe o que isso significa? A distribuição de potência e torque é feita de maneira inteligente para que o desempenho e a economia de combustível ocorram em qualquer situação.

Mais tecnologias embutidas

O F1A também conta com o sistema EGR, que recircula os gases de escape, sendo a melhor solução disponível para manter as emissões dentro dos limites estabelecidos pelas normas Proconve L6/Euro 5.

Quando abordamos os aspectos econômicos, ele é um dos motores com menor custo operacional da categoria, devido à não utilização do Arla 32, que está associado ao baixo consumo de combustível até 10% a menos em relação ao seu principal concorrente, segundo o Inmetro. E alinhado ao turbocompressor do tipo Wastegate, proporcionando mínimo consumo e resposta imediata na aceleração.

Os sistemas de refrigeração foram otimizados, o que tornou o propulsor mais compacto, contribuindo com a eficiência termodinâmica e leveza do equipamento. Como resultado dessa inovação, a instalação do motor ficou mais fácil e, consequentemente, as operações de manutenção mais rápidas. Vibrações e ruídos são os menores registrados do mercado, o que garante produtividade e sustenta o longo ciclo de vida do propulsor FPT Industrial F1A.

Agora queremos ouvir você! Comente abaixo suas impressões e o que achou das mudanças.

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *