Motores FPT impulsionam caminhões Hi-Road, lançamento da IVECO

No primeiro semestre de 2018, o mercado brasileiro de caminhões apresentou um alto patamar de crescimento, destacando-se o segmento de Pesados.

Para continuar atendendo aos caminhoneiros com a máxima performance, a IVECO lança no Brasil a linha Hi-Road, ideal para operações de médias e longas distâncias, que foi projetada para estar disponível o maior tempo possível, entregando robustez, baixo custo de manutenção e conforto ao estradeiro.

Pensando nisso, os motores Cursor 9 e 13, com seis cilindros em linha, foram escolhidos para o projeto. A série Cursor da FPT é conhecida pela eficiência e pelo baixo consumo de combustível. Tudo isso alinhado a um design compacto e leve e ao sistema SCR, que demanda menor refrigeração e representa custos operacionais reduzidos.   

O Cursor 9 tem potência de 360 cv (4 X 2), e o Cursor 13 tem duas faixas de potência, 410 cv (4 X 2 e 6 X 2) e 440 cv (4 X 2, 6 X 2 e 6 X 4), com torque máximo de 2.400 Nm. A transmissão é automatizada de 16 velocidades à frente + duas marchas a ré, e o tanque de combustível tem capacidade, de série, para 900 litros.

FPT Industrial apoia projeto de estudantes de Engenharia

Nós, da FPT Industrial, estamos sempre em busca de somar e contribuir com projetos inovadores. Acreditamos que boas ideias, alto desempenho e confiabilidade são valores vencedores, seja nos negócios, seja nos esportes.

Com o BAJA UFMG, não foi diferente. O projeto extracurricular dos alunos de Engenharia, desenvolvido na Universidade Federal de Minas Gerais, possibilita que eles criem protótipos off-road cheios de potência para competições regionais, nacionais e internacionais, abrangendo diversas engenharias: Controle e Automação, Elétrica, Mecânica e de Produção.

No início do mês, nossos estagiários Geração Millennials foram até a Oficina do BAJA UFMG para conferir de perto o trabalho desenvolvido pelos estudantes e nele se inspirar. O carro que participa das competições é feito pelos alunos do início ao fim: eles desenham as peças com o auxílio de softwares e produzem o automóvel com o material comprado com a verba dos patrocinadores.

Atualmente, a equipe já conta com dois títulos nacionais e cinco títulos regionais. Estamos na torcida pelos próximos!

Como escolher o motor ideal para o seu projeto?

Definir o modelo ideal de motor para o seu projeto pode parecer algo simples, mas acredite: não é bem assim. Engenheiros e estudantes precisam avaliar uma série de fatores importantes no momento da escolha do coração do seu projeto. E, principalmente, encontrar o equilíbrio entre o que é necessário e o que é desejado.

Por exemplo, se o seu projeto é um caminhão, saiba que a modalidade de carga e o tipo de trajeto afetarão diretamente o desempenho do seu motor. E isso precisará ser considerado na mesa de projetos. Se for um carro de passeio, para mobilidade urbana, o baixo consumo de combustível e a manutenção barata serão os pontos-chave para o usuário do seu veículo e para você também.

Por isso, repassamos alguns conceitos que ajudarão você a encontrar a solução mais adequada para o seu projeto:

Torque e potência

A potência diz respeito ao tempo e à capacidade do motor de responder a uma tarefa em um determinado tempo. Quanto mais potência, menor o tempo de resposta. A potência é o resultado da relação entre o torque e a quantidade de rotações dos cilindros. Quanto maior o torque, maior a força do motor.

Cilindrada

Os cilindros estão diretamente relacionados à potência automotiva. As cilindradas são medidas em cm³. Elas dizem respeito à capacidade dos cilindros do motor de receber um determinado volume da mistura ar-combustível. Quanto mais cilindradas, maiores serão a potência e o torque do veículo.

Ronco do motor

O barulho do motor diz muito sobre o seu funcionamento. Ele pode indicar a saúde do equipamento. Redobre a atenção no “choro” e na quantidade de fumaça emitida para avaliar o bom funcionamento do motor.

Tecnologia

Combustíveis fósseis, como o diesel, o gás natural e a gasolina, são altamente poluentes. Em função disso, surgiram diversas regulamentações que verificam os níveis de emissões dos motores. Atualmente, existem inúmeras tecnologias que reduzem drasticamente o nível de poluentes lançados na atmosfera. Portanto é preciso estar atento para optar por fabricantes que ofereçam tecnologias que garantam a redução dos níveis de emissão.

Facilidade de manutenção

Um fator também muito importante a ser considerado é a facilidade de manutenção do seu motor. Não vale a pena investir em um motor de procedência duvidosa. Fabricantes confiáveis agregam valor ao produto, oferecem assistência técnica qualificada e peças genuínas que garantem a segurança e o bom funcionamento do veículo.

Considere esses pontos antes de escolher o seu motor. Tem alguma dica para compartilhar? Deixe o seu comentário.