FPT Industrial acelera os caminhões da Iveco na terceira etapa da Copa Truck

Neste fim de semana, Londrina, no Paraná, recebe pela primeira vez a Copa Truck, maior competição de caminhões do Brasil. A FPT Industrial participa da terceira etapa da temporada 2019 acelerando os caminhões IVECO dos pilotos Djalma Pivetta (#21) e Felipe Giaffone (#4), da equipe Usual Racing, Luiz Lopes (#99) e Fabio Carvalho (#100), da Lucar Motorsport, e Jaidson Zini (#25), da Dakar Motorsport.

Sob o capô, os pesados trazem o desempenho do FPT Cursor 13, disponível nos IVECO Hi-Road (com potências de 400 cv e 440 cv) e Hi-Way (440 cv, 480 cv e 560 cv). Para a Copa Truck, a potência chega a 1.200 cv por meio de uma preparação especial, permitindo que os caminhões alcancem velocidades de até 250 km/h na pista.

A etapa de Londrina marca o início da Segunda Copa. A temporada da categoria é dividida em copas, que classificam os três melhores colocados para a etapa final da temporada, que ocorre no Autódromo de Interlagos (SP), em dezembro. A Primeira Copa incluiu as corridas em Goiânia (GO) e Campo Grande (MS), enquanto a Segunda engloba as corridas de Londrina e Curvelo (MG).

Entre os pilotos que aceleram os propulsores da FPT Industrial, o destaque é Felipe Giaffone. Campeão em 2017, o piloto fez a pole position na etapa inaugural, em Goiânia, e registrou bons resultados nas quatro corridas das duas etapas. Assim, Giaffone garantiu o segundo lugar geral na Primeira Copa, com classificação assegurada para a Grande Final, em dezembro.

Cursor 13: Desempenho extraordinário

Com 12,9 litros, o FPT Cursor 13 se distingue pelo extraordinário desempenho combinado com uma redução do consumo de combustível e torque máximo disponível em baixas rotações. O turbocompressor de geometria variável controlado eletronicamente (E-VGT) permite torque de até 2.500 Nm disponível em baixa rotação de apenas 1.000 rpm, o que garante um nível superior de flexibilidade e eficiência de combustível.

O especialista de Marketing Produto da FPT Industrial, André Faria, destaca que competições como a Copa Truck servem para avaliar o desempenho dos motores presentes nos caminhões comerciais. “A Copa Truck coloca à prova a performance dos nossos motores sob altas exigências. Esse mesmo espírito está presente nos caminhões de rua. Resistência, eficiência e alta tecnologia são atributos reconhecidos da FPT Industrial”, afirma.

5 componentes essenciais do seu motor FPT

Conheça 5 peças importante de um motor FPT

Você conhece profundamente o seu motor FPT, as peças e suas principais funções? A nossa linha de produtos é muito vasta. São mais de seis famílias de motores, com potências que variam de 20 a 820 cavalos. Todos campeões em design, benefícios e durabilidade.

Existem diversos componentes dentro de cada um deles,  com papeis específicos. Todos em constante transformação porque a FPT investe em incansável pesquisa e desenvolvimento para obter sempre a melhor tecnologia, materiais e processos. Justamente para levar até você os melhores motores.

Alguns desses componentes são essenciais para garantir o bom funcionamento e a potência. Neste vídeo, Ana Luiza Maia e  Gabriela Ferreira, estudantes de engenharia de materiais e estagiárias de plataforma da nossa Geração Millennials, apresentam peculiaridades de cinco deles:

1) Cárter

2) Pistão

3) Biela

4) Cabeçote

5) Coletor de escape

Dê um play neste papo com potência e entenda melhor sobre cada um e por que são tão importantes no desempenho do seu motor FPT:

Ainda ficou com alguma dúvida? Fale com a gente! Envie um e-mail para papocompotencia@fpt.com.brPara acompanhar nossas novidades, curta a nossa página no Facebook e siga nosso perfil no Instagram.

Conheça as principais diferenças entre motores Otto e motores Diesel

As diferenças entre motor diesel e motor otto

Você sabe quais as diferenças entre o motor de um carro e o motor de um caminhão ou trator? Apesar de estarem muito próximos, eles operam de maneira distintas. Os motores (chamados Ciclo Otto) dos veículos leves são movidos a gasolina ou etanol. E os motores (Ciclo Diesel), dos veículos com capacidade de carga acima de uma tonelada, são movidos a diesel. Mas não é somente por isso que eles se diferenciam.

Cada tipo possui componentes distintos, um processo de combustão específico e mecânica de funcionamento própria. No vídeo abaixo, os nossos estagiários Millennials , Marina Fonda e Gustavo Vilela, buscam explicar detalhadamente essas diferenças. Confira:

A FPT é focada em tecnologia e inovação de motores e geradores utilizados em grandes aplicações. Nossos motores equipam máquinas agrícolas, caminhões e ônibus, máquinas de construção e embarcações.

Desejando saber ainda mais, continue esse papo de potência através do e-mail papocompotencia@fpt.com.br. Será um prazer falar com você!

Por dentro do setor de Design da FPT Industrial

Os motores são os grandes responsáveis pela circulação do mundo. Desenvolver motores e geradores com excelência em inovação não é tarefa fácil. Você conhece o processo de criação de um motor? Sabe as características fundamentais para o seu funcionamento?

No Technical Center , Centro de Desenvolvimento da FPT Industrial em Betim, Minas Gerais, são realizados os processo de criação, design, protótipos e testes de todos os motores FPT para a América Latina. É diretamente de lá que o estagiário de Engenharia de Produto, Fernando Blumer, da Geração Millennials , entrevista o especialista do Produto, Josué Morais.

Assista a essa entrevista esclarecedora e descubra como funciona todo o processo de desenvolvimento dos motores FPT. Morais explica o papel fundamental do setor de Design. O especialista fala sobre os processos de idealização, criação, desenvolvimento e especificação de novos produtos e componentes, que fazem do Centro de Desenvolvimento, o local onde nasce e evoluem os nossos produtos.

Entrevista imperdível para quem tem interesse em saber como funciona um setor de Design focado no futuro, cada vez mais sustentável e inovador. Assista:

Curta a nossa página no Facebook e siga nosso perfil no Instagram para mais novidades.