Geração Millennials, Inovação, Motores

Estudantes italianos criam projetos inovadores de design para os motores FPT

Inédita parceria com o IED, na Itália, abriu caminho para estudantes desenvolverem projetos inovadores de design para motores

Exercícios em textura, rótulos, formas e cores transmitem a excelência e a exclusividade da marca da CNH Industrial

ENTENDA

Um motor é concebido e pensado não apenas como um fornecedor de potência, mas também como um embaixador da marca, desenhado como “forma de comunicação” dos valores e paixões fundamentais da própria marca.

Embora o foco na estética de um motor não seja prioridade na indústria, a FPT Industrial, sempre buscando inovar, colaborou com o campus de Turim do Instituto Europeu de Design (IED), prestigiada escola fundada em 1966 que atua nos campos de pesquisa e desenvolvimento nas disciplinas de Design, Moda, Artes Visuais e Comunicação, para criar motores inovadores com design artístico único, equilibrado com função e eficiência.

A parceria entre a FPT Industrial e o IED é a primeira do setor. Essa colaboração visa dar visibilidade imediata à qualidade do design e da produção dos motores da marca, ao processo de humanização que garante o uso cada vez mais intuitivo dos produtos e ao retorno à cor vermelha da FPT Industrial, como um símbolo diferenciador de potência e paixão pelo desempenho. Através dos projetos, os estudantes criaram com sucesso exercícios de estilo e criatividade que transmitem a excelência dos produtos e a exclusividade intrínseca da marca.

Desde o fim de outubro de 2019, quatro equipes, cada uma composta por estudantes de produto, transporte e design gráfico, apoiadas por um tutor da empresa, estiveram envolvidas em uma cronograma de visitas à fábrica e conversas intensas com vários gerentes da empresa. O objetivo foi criar conhecimento em primeira mão do mundo da produção de motores e estimular os participantes a interpretar esse mundo com diferentes olhos, direcionando sua criatividade para observar novas direções no design.

A Equipe de Textura foi escolhida para criar uma série de padrões aplicáveis ao corpo dos motores, tornando-o imediatamente reconhecíveis, mesmo que sejam pintados novamente pelos clientes. Isso resultou em propostas que fazem o uso criativo dos logotipos da FPT com temas alusivos ao mundo animal e à transmissão de som no espaço.

A Equipe de Rótulos, por outro lado, decidiu caracterizar os motores da marca adotando uma solução sustentável em todos os aspectos, inclusive do ponto de vista de custo, intervindo em elementos – como a vareta do nível do óleo – que estão sempre visíveis e assumem um significado mais amplo, mas também são mais agradáveis aos olhos se personalizados com o logotipo da marca. A equipe criou ainda um rótulo de plástico reciclado que descreve algumas das características do motor e oferece espaço para conteúdo multimídia.

A Equipe de Formas assumiu o difícil desafio de tornar os motores exibidos em feiras e eventos não somente em peças únicas, diferenciadas e imediatamente reconhecíveis, como também comparáveis à verdadeiras obras de arte contemporânea. A proposta, que prevê a participação de artistas como Cao Fei, uma guru da arte digital, deu origem a uma maneira completamente nova de apresentar produtos e desempenho, comunicando-se ativamente com o público e com os espaços de exibição.

A Equipe de Cores também é digna de nota pela sugestão de decorar algumas partes importantes do motor com uma tinta sensível ao calor que, à medida que a temperatura aumenta, revela detalhes e conteúdos até então invisíveis, dando um forte significado externo ao que acontece dentro do motor.

As equipes compartilharam suas ideias na presença da direção da FPT Industrial e do Centro de Estilo da CNH Industrial.

“Foi muito emocionante e interessante ver esses estudantes se empenhando no nosso setor e experimentando o seu talento no nosso mundo, que por vezes pode parecer focado exclusivamente em tópicos de engenharia. Eles fizeram isso sem preconceitos e com um entusiasmo, uma criatividade e uma vontade incansáveis”, comenta Egle Panzella, diretor da divisão Brand Equity, Sustainability and Heritage da FPT Industrial e gestor de projetos. “Os resultados falam por si, com muitas equipes que não apenas produziram excelentes ideias para conteúdo e viabilidade, como foram além da tarefa designada, explorando uma abordagem multimídia de novas formas e novos mundos onde os motores da FPT Industrial atuarão como protagonistas.”

“As equipes nos surpreenderam com ideias muito originais que demonstram seu esforço criativo para introduzir no motor elementos inspirados nas últimas tendências de design”, afirma Silvio Meoni, diretor do Programa F1A. “Nosso objetivo era justamente receber propostas fora do comum e os alunos exploraram isso sem limitações, deixando-se inspirar, demonstrando como o motor também pode ser um objeto que pode encorajar soluções criativas.”

Saiba mais clicando aqui

Observação: a imagem ilustrativa deste artigo foi tirada antes da pandemia.

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.