A FPT marca presença na pole position da primeira etapa da Copa Truck 2019

Nesse final de semana, aconteceu a primeira etapa da Copa Truck 2019 no Autódromo Internacional de Goiânia (GO). A equipe Usual IVECO Racing fez sua estreia na competição contando com os pilotos Djalma Pivetta (#21) e Felipe Giaffone (#4), maior vencedor da competição.

Os motores da FPT Industrial aceleraram os caminhões da nova equipe na briga pelo pódio. Para conquistar esse resultado, os caminhões IVECO foram equipados com o motor Cursor 13 que foi preparado especialmente para as provas, com 1.200cv de potência e torque de 4.300 Nm. Após os ajustes nos motores, os pesados podem alcançar velocidades de até 250km/h.

A estreia da Usual IVECO Racing foi surpreendente até para Felipe Giaffone, que conquistou uma pole position a bordo do Iveco. O campeão contou: “Ser terceiro hoje superou as minhas expectativas e as da equipe.”

Não só a arte interna foi modificada: os caminhões também ganharam uma pintura diferenciada e agora têm a cor azul metálica.

Até a final, em dezembro, serão nove etapas. A próxima etapa acontece em Campo Grande (MS) no dia 14 de abril e você pode garantir seu ingresso no site: http://copatruck.com.br/calendario-ingressos-2019/

FPT Industrial acelera a Copa Truck 2019

No próximo domingo, dia 24 de março, a partir das 11h30, acontece a primeira etapa da tão aguardada Copa Truck 2019. Neste ano, o local escolhido para a abertura da temporada foi o Autódromo Internacional de Goiânia (GO) – que atraiu um recorde de público de 36 mil pessoas. Vale lembrar que a competição vai até o fim de dezembro e serão 9 etapas, confira as datas:

1ª ETAPA – 24/03 – GOIÂNIA/GO

2ª ETAPA- 14/04 – CAMPO GRANDE/MS

3ª ETAPA- 02/06 – LONDRINA/PR

4ª ETAPA – 14/07 – CURVELO/MG

5ª ETAPA – 18/08 – STA. CRUZ DO SUL/RS

6ª ETAPA – 01/09 – RIVERA/UR

7ª ETAPA – 06/10 – TARUMÃ/SP*

8ª ETAPA – 27/10 – CURITIBA/PR*

9ª ETAPA – 08/12 – SÃO PAULO/SP*

*Sujeito a confirmação.

A participação da FPT Industrial neste ano continua firme e forte, acelerando os pesados da Usual IVECO Racing, mas conta com algumas novidades. Começando por dentro, sob o capô dos pesados da Iveco, está o poderoso motor Cursor 13, com 1.200cv de potência e torque de 4.300Nm. As atualizações feitas na máquina foram pensadas especialmente para a competição e permitem que os caminhões alcancem uma velocidade de até 250km/h. É para, literalmente, voar até o pódio! Por fora os caminhões ganharam uma pintura diferenciada, azul metálica.

A equipe será representada por dois grandes nomes, os pilotos Djalma Pivetta (#21) e Felipe Giaffone (#4) – maior vencedor da competição.

“A emoção da Copa Truck coloca à prova a performance dos nossos motores sob altas exigências. Esse mesmo espírito está presente nos caminhões de rua. Resistência, eficiência e alta tecnologia são atributos reconhecidos da FPT Industrial”, afirma o especialista de Marketing Produto da FPT Industrial, André Faria.

Para acompanhar a maior competição de caminhões do Brasil, basta comprar os ingressos pelo site oficial: http://copatruck.com.br/ ou assistir a cobertura completa pelo SporTV 3.

Final Dakar 2019: Saiba tudo sobre a performance da Equipe IVECO

Após 11 dias, dez etapas e milhares de quilômetros de competição intensa em um percurso desafiador, aconteceu a final do #Dakar2019 na última quinta-feira, dia 17 de janeiro.

As areias do Peru foram palco para o espetáculo de adrenalina do evento que é considerado o rali mais difícil do mundo.

Os veículos PowerStar, equipados com o Cursor 13, motorizaram o time Petronas De Roy IVECO. Mais uma vez, os motores mostraram toda sua confiabilidade, robustez e  segurança para cumprir sua missão em qualquer tipo de terreno e operação.

O Cursor foi adaptado especialmente para o rali. A customização ficou a cargo do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da FPT Industrial em Arbon, na Suíça. O resultado foi um motor de 13 litros com cerca de 1.000 cavalos de potência e desempenho inigualável. Toda essa dedicação e força bruta não poderiam dar em outra: a equipe IVECO, que obteve uma excelente performance em todo o percurso, conquistou o pódio e ficou entre os dez primeiros colocados da edição 2019.

Confira as colocações dos pilotos IVECO no pódio geral da edição:

3º lugar: Gerard De Rooy

Estrela do time, o piloto experiente, vencedor das edições de 2012 e 2016, retornou à competição no comando do veículo #503 e destacou-se em diversos estágios da disputa, alcançando a primeira colocação na sétima etapa. Gerard, que não deixou a peteca cair durante todo o percurso, ficou em terceiro lugar no pódio final do Dakar 2019.  

4º lugar: Federico Villagra

O argentino Federico Villagra foi um dos destaques do time IVECO desta edição a bordo do veículo #505. O piloto se manteve bem colocado em diversas etapas do rali, chegando na quarta posição, na terceira etapa, e na segunda posição, na oitava etapa. Após enfrentar com estilo toda a complexidade dos terrenos de difícil navegação, ele se classificou no quarto lugar do pódio final.

7º lugar: Anton Van Genugten

Com uma excelente performance durante toda a disputa, Anton van Genugten, que já havia se destacado na competição em 2018, levou momentos de emoção e adrenalina para a torcida do time IVECO. Na direção do veículo #509, o piloto rendeu momentos emocionantes para a edição. Ele abriu o placar como segundo colocado na primeira etapa e ficou em primeiro lugar na quinta etapa. O bom desempenho de Van Genugten nos cinco mil quilômetros de percurso fez com que ele garantisse o sétimo lugar no pódio geral.  

10º lugar: Maurik van den Heuvel

O holandês Maurik van den Heuvel estreou no time IVECO como um competidor implacável. O piloto, que se juntou ao time a convite de De Rooy, se mostrou um excelente companheiro de time, ajudando Gerard a continuar na prova durante a quarta etapa, quando os competidores não podiam contar com sua equipe de assistência.

Foram dias de muita dificuldade, persistência e força em todas as etapas da corrida. Novamente o Cursor deu um show de potência! O motor, que oferece alto desempenho e eficiência para aplicações de transporte como o IVECO Hi-Way, se revelou ainda mais bruto, mantendo uma performance extraordinária durante todo o trajeto.

Quem aí já está ansioso para a próxima edição do Dakar?

 

Cursor 13 acelera o Rally Dakar 2019

Mais uma vez, a FPT Industrial é uma das protagonistas do Rally Dakar. Os quatro caminhões PowerStar, do time Petronas De Roy IVECO, estão equipados por um motor Cursor 13.

Nesta edição da competição, que é considerada uma das mais extremas do mundo, os caminhões irão cruzar o Peru em uma aventura épica: serão 5.000 km e dez etapas — que acontecem entre os dias 6 e 17 de janeiro — atravessando dunas, terrenos rochosos e arenosos. Toda a paisagem de natureza extrema tem papel decisivo na performance dos pilotos e das máquinas.

O Cursor 13 foi preparado para todos os desafios da competição, recebendo configuração diferenciada para oferecer excelente desempenho e absoluta robustez durante o percurso, entregando confiabilidade e até 1.000 cv de potência. 

O motor assegura alta densidade de potência e torque mesmo em grandes altitudes, mantendo a velocidade e oferecendo total controle e segurança para o piloto.

História

A história do Dakar é tão inusitada quanto a competição, que começou em 1977, quando o piloto francês Thierry Sabine se perdeu no deserto do Saara e viu ali uma oportunidade perfeita para promover um rali.

Ele foi batizado com este nome pelo trajeto, que iniciava em Paris, França, e terminava em Dacar, capital do Senegal, levando os pilotos a percorrerem 10 mil quilômetros. Desde 2009, o evento passou a acontecer na América do Sul, mas o nome foi mantido.

Estamos na 41ª edição da disputa, que é considerada uma das mais perigosas do mundo e expõe os pilotos a trajetos repletos de obstáculos no meio do deserto. É muita adrenalina, não é mesmo?!

Acompanhe nossas redes sociais para não perder nenhum momento do #Dakar2019!

FPT Industrial apoia projeto de estudantes de Engenharia

Nós, da FPT Industrial, estamos sempre em busca de somar e contribuir com projetos inovadores. Acreditamos que boas ideias, alto desempenho e confiabilidade são valores vencedores, seja nos negócios, seja nos esportes.

Com o BAJA UFMG, não foi diferente. O projeto extracurricular dos alunos de Engenharia, desenvolvido na Universidade Federal de Minas Gerais, possibilita que eles criem protótipos off-road cheios de potência para competições regionais, nacionais e internacionais, abrangendo diversas engenharias: Controle e Automação, Elétrica, Mecânica e de Produção.

No início do mês, nossos estagiários Geração Millennials foram até a Oficina do BAJA UFMG para conferir de perto o trabalho desenvolvido pelos estudantes e nele se inspirar. O carro que participa das competições é feito pelos alunos do início ao fim: eles desenham as peças com o auxílio de softwares e produzem o automóvel com o material comprado com a verba dos patrocinadores.

Atualmente, a equipe já conta com dois títulos nacionais e cinco títulos regionais. Estamos na torcida pelos próximos!

FPT marca presença no Congresso Autodata Perspectivas 2019

Nos dias 15 e 16 de outubro, São Paulo receberá o Congresso Autodata Perspectivas 2019, o maior e mais tradicional evento do mercado automotivo do Brasil. Com 24 anos de tradição, o congresso conta com a participação de montadoras, sistemistas, fabricantes de motores a diesel e entidades de classe que, em dois dias, apresentam e discutem as principais soluções e tendências tecnológicas para o setor.

Nesta edição, nosso presidente, Marco Rangel, participará do painel “Motores Diesel”, no dia 15 de outubro, das 11h30 às 12h30, onde também estarão presentes outros executivos do setor.

Na ocasião,  serão apresentadas as principais inovações da FPT para o futuro automotivo, além de um panorama geral sobre a situação atual do mercado e algumas ações positivas que ajudarão no impulsionamento do segmento.

Para participar, basta acessar o site http://bit.ly/CongressoAutodata2018 e fazer seu cadastro. Estão disponíveis opções de ingresso para os dois dias de evento ou apenas para um. Não deixe de conferir!

Congresso Autodata Perspectivas 2019

  • 15 e 16 de outubro, no Hotel Transamérica (Av. das Nações Unidas, 18.591, Vila Almeida, SP)
  • Para mais informações: 11 5189 8900 / seminarios@autodata.com.br

FPT impulsiona recorde mundial

A FPT foi até os limites da velocidade e agora faz parte de um recorde mundial histórico. A marca desenvolveu junto à FB Design uma lancha que atingiu o marco de 277,5 km/h no Lago di Como, na Itália. O feito foi inédito e acabou reconhecido pelo Guinness Book como a maior velocidade já alcançada na água através de um motor a diesel.

Por trás da façanha, houve um grande trabalho de engenharia: as marcas trabalharam em conjunto e modificaram um motor Cursor de 16 litros, encontrado normalmente em veículos agrícolas. Com a alteração, o novo modelo foi capaz de gerar mais de 1.720 cavalos de potência.

O recorde só reforça a missão da FPT de promover inovações em diversas áreas, buscando soluções e resultados que possam ser aplicados em motores produzidos em grande escala.

Dê o play abaixo e saiba mais sobre essa conquista:

https://www.youtube.com/watch?v=w3x-7TynSkY

Motores do Exército

Você já se perguntou quais são as necessidades de um motor do exército? A FPT sim e, por isso, foi a responsável por desenvolver os novos motores do anfíbio Guarani, que contam com uma alta potência e torque para terem um bom desempenho nas estradas de asfalto e terra, além de áreas com água.

O grande diferencial do anfíbio Guarani está na força e capacidade de levar até 11 pessoas em cada veículo. Outro ponto interessante é seu motor flex, que se difere dos veículos tradicionais. Enquanto eles aceitam etanol e gasolina, o motor FPT Guarani aceita diesel e querosene de aviação. Essa diferença é uma medida de segurança, já que em caso de emergência podem ser utilizados postos de aeronaves como auxílio.

Bom, agora vamos vê-lo em movimento! Assista ao vídeo abaixo e veja por que o exército brasileiro escolheu a FPT:

Temos certeza que você achou esse post interessante! Então, compartilhe com seus amigos e comente aqui abaixo.

 

Tecnologia Euro VI

A FPT busca constantemente desenvolver soluções inovadoras e que causem um menor impacto no meio ambiente. Por isso, em 2017 lançou uma linha de novos motores que possuem catalisadores, sensores e sistemas de injeção, entre outros componentes, com tecnologia de ponta para garantir a menor emissão de poluentes. Além disso, os novos equipamentos atendem ao Euro 6, um conjunto de normas regulamentadoras sobre emissão de poluentes para motores a diesel.

Para tanto, utiliza a tecnologia SCR, que converte os gases que saem do escapamento em nitrogênio e vapor de água, sendo substâncias inofensivas ao meio ambiente. Essa transformação ocorre através do uso do reagente Arla 32.

Vamos aprofundar um pouco mais sobre esse assunto? Clique e confira o vídeo de Gustavo Teixeira, nosso especialista nessa tecnologia!

Gostou? Não esqueça de deixar seu comentário!

FPT estreia espaço próprio e leva novidades à Fenatran

Pela primeira vez, a FPT apresenta um estande próprio e uma gama de novidades para o ramo de transporte durante a Fenatran, o Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Carga. Considerado um dos maiores e mais completos eventos voltados para toda a cadeia do transporte rodoviário de carga da América Latina, a Fenatran é uma grande oportunidade de mostrar as inovações para o público.

Motores e tecnologias expostas

O grande destaque está sendo o Powertrain, um conjunto de soluções que engloba os eixos, transmissões, motores e outras tecnologias para garantir eficiência, potência e durabilidade para os motores da FPT, que antes era utilizado apenas na Europa.

Além desse modelo, estão presentes no local um motor N67 e um Cursor 13, motores que equipam caminhões Tector, Stralis e Hi-Way da Iveco. No estande também é possível ver de perto um exemplar do motor F1C – que hoje equipa o caminhão HD80, da CAOA –, a transmissão FPT modelo 2840.6 e eixo traseiro FPT modelo NDA-SW aplicado em veículos leves.

 

Grandes diferenciais

A presença de sistemas de injeção eletrônica sofisticados (Common Rail e Unidades Injetoras Eletrônicas de terceira geração), a escolha de muitos dispositivos de admissão de ar (turbocompressores com Wastegate, Geometria Variável ou Duplo Estágio) e a disponibilidade de versões com gás natural veicular (GNV) transformam os motores da FPT na melhor solução para aplicações rodoviárias, e esse é o objetivo da marca ao levar suas soluções à Fenatran.