Evento especial reúne distribuidores da FPT na América do Sul

Dezembro começou bem na FPT! No dia 3, a marca reuniu todos os Distribuidores da América do Sul em um encontro especial e totalmente online. O Dealer Meeting 2020 teve como tema “Navegar é preciso” e buscou traçar, em conjunto com todas as equipes, as rotas para 2021.

Seguindo uma estratégia baseada em quatro pilares – Servitização, Digitalização, Propulsores Alternativos e Customer Experience – a FPT segue junto com os Distribuidores na amplificação do crescimento.

O Dealer Meeting contou também com a participação marcante do renomado navegador Amyr Klink como convidado especial. Na ocasião, Klink fez uma palestra inesquecível sobre suas experiências e modo de ver a vida atual, relatos encorajadores e inspiracionais para todos os participantes.

Dessa forma, junto aos Distribuidores, presencial ou virtualmente, a FPT segue para novas conquistas de sucesso em 2021. Pois o futuro é o que move a marca!

Fábrica da FPT no Brasil celebra 20 anos de eficiência e inovação

Inaugurada em 2000, unidade de Sete Lagoas (MG) é símbolo de alta flexibilidade e elevado nível de qualidade na produção de motores para diferentes missões

Um motor é produzido a cada três minutos pela planta, que recebeu novos ambientes digitais e intuitivos e alcançou o Aterro Zero, reciclando 100% dos resíduos

Parte do complexo da CNH Industrial em Sete Lagoas (MG), a fábrica de motores da FPT Industrial celebra duas décadas acelerada pela eficiência e inovação, promovendo o desenvolvimento de powertrain com alta flexibilidade e o mais elevado nível de qualidade. Inaugurada em 2000, a planta é responsável pela produção dos motores das famílias FPT F1A, F1C, NEF e S8000 e conta com novos ambientes digitais e intuitivos, que reduzem sistematicamente os desperdícios de tempo e materiais.

Certificada com o nível prata do World Class Manufacturing (WCM), um dos mais altos padrões da indústria de manufatura no mundo, a unidade alcançou a meta de Aterro Zero, reciclando 100% dos resíduos, reforçando o compromisso sustentável.


Reposicionamento de estações tornou o trabalho mais rápido e seguro

A produção da FPT no Brasil equipa veículos dos segmentos on-road, de transporte de cargas e passageiros, off-road, na agricultura e construção, marítimo e de geração de energia, em motores para geradores (G-Drive) e conjuntos de geradores completos (Genset). Somente na América do Sul, são mais de 615 mil motores FPT em circulação, o que atesta a liderança da marca em bens de capital.

Dentre as recentes iniciativas da fábrica estão a Compass Room, sala que integra diferentes áreas, facilitando o entendimento na execução de projetos para garantir resultados sustentáveis; o sequenciamento digital de kits de peças, utilizados na montagem dos motores; e o reposicionamento de estações de trabalho, com as melhores práticas ergonômicas, permitindo que o colaborador esteja mais próximo de peças, ferramentas e utensílios.

O processo de montagem é monitorado por sistemas de controle automatizados de última geração do First Time Quality. Todos os motores são submetidos a testes de dinamômetro, atestando parâmetros de qualidade e potência. Nas salas do Banco de Provas, avaliações monitoram em tempo real aspectos de vibrações e temperatura.

Determinamos que o propósito da fábrica seja propiciar a melhor experiência de manufatura para os nossos clientes, visitantes e funcionarios. Aplicamos as melhores práticas, criamos  ambientes de trabalho cada vez mais produtivos, seguros e intuitivos que garantem a qualidade dos nossos produtos. Temos fluxos logísticos flexíveis para atender com rapidez e assertividade as demandas do mercado”, afirma o gerente de Operações da fábrica, Mario Coriale.

As evoluções permitiram que a unidade, com área total de 65 mil metros quadrados e área coberta de 21 mil metros quadrados, obtivesse um aumento médio de produtividade de mais de 10%. Atuam em Sete Lagoas cerca de 230 colaboradores, que auxiliam a FPT Industrial a produzir um motor a cada três minutos.

WCM E ATERRO ZERO: SEM DESPERDÍCIOS

A fábrica da FPT no Brasil também alcançou a meta de Aterro Zero, reciclando 100% dos resíduos, dentro do World Class Manufacturing (WCM) da CNH Industrial, um dos mais altos padrões da indústria de manufatura no mundo, que busca zero perdas, com base na metodologia da Pirâmide de 5R – recusa do resíduo (logística reversa), redução, reaproveitamento, reciclagem e recuperação.

Como parte do nível prata do WCM, o Aterro Zero reduziu gradativamente o volume de resíduos destinados a aterros sanitários licenciados, até a eliminação completa. A FPT entende que todo material pode ser transformado, resultando em uma produção cada vez mais verde.

Quanto mais melhoramos a produtividade e a qualidade, eliminando desperdícios, menor será o custo de manufatura. A matriz das melhorias é o WCM, modelo que já está no DNA dos nossos colaboradores. Em cada estação de trabalho há soluções desenvolvidas pelo nosso time”, afirma o diretor Industrial da CNH Industrial, Izidro Penatti.

Robôs que colaboram – Fábrica 4.0 já é realidade na FPT Industrial

Como será a fábrica do futuro? Como será organizada? Para responder a estas e muitas outras questões relativas ao modelo de produção da Indústria 4.0, basta ir às instalações da Driveline da FPT Industrial, em Turim, dedicada à produção de transmissões e eixos para veículos pesados.

No departamento de montagem trabalha a AURA (Advanced Use Robotic Arm): um robô concebido e construído pela Comau e utilizado no projeto HuManS (Human-centered Manufacturing System). Criado para um concurso, o projeto vê o homem no centro do sistema de produção, envolvido por máquinas que o ajudam e com as quais divide o espaço de trabalho com total segurança.

Com quase três metros de altura e pesando cerca de três toneladas, a AURA é um robô industrial colaborativo, capaz operar ao lado das pessoas, sem barreiras e na mesma estação de trabalho, para ajudar a realizar as tarefas mais repetitivas e, se necessário, pode ser guiado manualmente pelo operador, a qualquer momento. Especificamente, a AURA pega de, forma independente, uma peça do carrinho de abastecimento e a passa delicadamente para o operador com quem compartilha a estação de trabalho. E é precisamente o operador humano que, a este ponto, assume o comando das operações, guiando o robô por meio de um guidão apropriado, de forma que o braço mecânico aproxime a peça da bancada, onde é acoplada com uma alavanca.

Uma colaboração e uma sinergia perfeita, onde cada uma das partes envolvidas consegue dar o melhor de si. O robô realiza trabalhos pesados de forma metódica e sem esforço, é o único colaborativo do mercado capaz de levantar até 170 quilos, enquanto a fase delicada de montagem é controlada pelo homem, que aproveita assim a sua capacidade de se adaptar a situações de trabalho e estratégias de montagem, que variam muito de modelo para modelo.

Mas a força não é o único elemento que faz da AURA um robô sem igual. Na sua função de máquina colaborativa, de fato, deve ser capaz de perceber a presença, seja de outra máquina ou de uma pessoa de ‘carne e osso’, dentro do espaço em que opera. E para fazer isso, usa seus “sentidos” ao máximo.

Uma “pele sensível” – macia e inspirada na pele humana – que lhe permite decidir se reduzir a velocidade com que se move ou pare completamente. Uma “visão”, em forma de câmera 3D, que o robô usa para escanear a peça a ser retirada para entender em que lugar está. E por último “o tato” que se expressa através de uma pinça, capaz de levantar o componente a ser movimentado e pegá-lo com firmeza, mas ao mesmo tempo com delicadeza. Mas isso não é tudo. Para poder trabalhar sem nenhuma barreira, ao lado de um ser humano, na linha de montagem driveline da FPT Industrial, a AURA possui um verdadeiro “sexto sentido”: um sistema avançado e complexo de escaneamento a laser, que inspeciona e monitora o espaço de trabalho quando o braço está em operação.

A FPT Industrial e a Comau participaram ativamente do projeto HuManS, desde as fases preliminares de definição dos requisitos e das áreas de aplicação, em 2017, com o objetivo de melhorar e tornar os processos mais eficientes, graças à implementação de novas soluções técnicas  voltadas especificamente para a ergonomia de fábrica. Além disso, como usuário final, a FPT Industrial e a Comau garantiram constantemente um monitoramento eficaz da validade industrial real dos resultados, facilitando assim sua transição do campo científico para a aplicação.

“Estamos felizes por termos realizado este projeto junto com uma parceira de excelência como a Comau”, diz Giuseppe Daresta, gerente Manufacturing da FPT Industrial “A configuração feita na fábrica Driveline de Torino representa uma grande inovação, pois melhora a ergonomia nas operações de montagem manuais de elementos pesados, ??graças ao suporte de um robô capaz de compartilhar, de forma segura, os espaços com o operador humano”.

“A sinergia entre as duas empresas líderes em tecnologia, como a FPT e a Comau, levou a uma solução inovadora focada no robô colaborativo AURA. A Comau sempre esteve comprometida com o desenvolvimento de produtos e sistemas voltados para o aprimoramento dos processos de produção dos clientes, no que se refere a flexibilidade, qualidade e eficiência – faz notar Pietro Ottavis, Chief Technology Officer da Comau -. Os ‘cobots’ e as ferramentas digitais são algumas das tecnologias principais que a Comau desenvolveu, seguindo sua abordagem para a Indústria 4.0, chamada HUMANufacturing, para realizar uma colaboração plena e segura nas atividades de produção entre seres humanos e máquina, utilizadas para apoiar os humanos em operações que requerem maior velocidade, força e repetibilidade, bem como nas mais perigosas”.

Motor N67 é potência total no campo

Sabemos exatamente como o trabalho na agricultura tem exigido que os equipamentos sejam cada vez mais eficientes, rápidos e sustentáveis, e por isso nos empenhamos tanto na construção e desenvolvimento de motores como o nosso N67.

Preparado para atender as necessidades e requisitos mais exigentes, o motor FPT N67 é o braço direito do agricultor da América do Sul.

Isso porque atualmente, dentro do segmento agrícola, ele está presente praticamente em todas as fases de produção, sendo no plantio, cultivo e colheita e nas demais diversas atividades dentro da propriedade rural.

Um dos grandes diferenciais que fazem desse motor tão potente, está no fato dele possuir equipados com turbocompressores de Geometria Fixa (FGT) ou Waste Gate (WG), apropriados para o trabalho em conjunto com o pós-resfriador (Intercooler = Aftercooler). É exatamente esta solução técnica que otimiza a disponibilização de torque, aceleração e potência com força máxima!

Combustíveis alternativos e atendimento customizado são a vanguarda da FPT

Motor FPT F1C Gás Etanol vencedor do Prêmio REI 2020, aquisição da Potenza Technology e FPT Atende via WhatsApp reafirmam DNA inovador da FPT Industrial

Ações contribuíram para a CNH Industrial ser novamente eleita uma das 10 empresas mais inovadoras do Brasil, no Prêmio Valor Inovação Brasil

Fornecedora de soluções inteligentes em powertrain, para diferentes missões nos segmentos on-road, off-road, marítimo e de geração de energia, a FPT Industrial é uma marca na vanguarda do mercado, com 150 anos de trajetória e sete centros de P&D (Pesquisa e Desenvolvimento), um deles sediado em Betim, Minas Gerais. O desenvolvimento de novos propulsores movidos a combustíveis alternativos, como o motor FPT F1C Gás Etanol vencedor do Prêmio REI 2020 e a aquisição da Potenza Technology, expandindo a capacidade tecnológica em soluções para a eletrificação, reafirmam o DNA inovador da marca da CNH Industrial, que desde abril de 2020 também disponibiliza atendimento customizado ao cliente via WhatsApp.

Conceito desenvolvido pelo time de engenharia da FPT no Brasil, o motor FPT F1C Gás Etanol combinará o uso de gás natural comprimido (CNG), biometano e etanol, base renovável de nossa matriz energética e um dos combustíveis mais utilizados no país. A configuração voltada à veículos comerciais permitirá a escolha mais adequada às missões de entregas urbanas, aliando desempenho, versatilidade, robustez e economia de uso. Com 3,0 litros, 136 cv de potência e 350 Nm de torque, esta motorização utilizará a exclusiva tecnologia de combustão estequiométrica da FPT Industrial que dispensa a necessidade de Arla 32 e EGR (Recirculação de Gases de Escape), entregando um potencial de economia nos gastos com combustível de até 30%, além de atender o próximo estágio em emissões e apresentar baixo ruído de funcionamento. Um novo conceito próprio para a realidade brasileira.

Anunciada em maio de 2020, a aquisição de 100% da Potenza Technology, empresa  especializada no design e desenvolvimento de sistemas de propulsão elétrica e híbrida, segue o plano estratégico da FPT Industrial no fornecimento de motores de múltiplas fontes de energia. Sediada em Coventry, no Reino Unido, a Potenza Technology está à frente das tecnologias de propulsão elétrica desde 1999, com especialização também em engenharia de segurança e sistemas funcionais de gerenciamento para baterias de tração.

Os clientes da FPT no mercado brasileiro também contam com o FPT Atende pelo WhatsApp, agilizando ainda mais respostas e soluções no atendimento. Enviando mensagens de texto ao telefone (31) 2107-2354 é possível obter informações sobre motores e geradores de energia, peças, serviços e pós-vendas. O FPT Atende integra diversas áreas da empresa, sendo uma importante ferramenta de assistência técnica e suporte. A equipe de Product Support, responsável pelo canal, é formada por engenheiros e técnicos, sediados em Sete Lagoas (MG), Contagem (MG), Piracicaba (SP), Curitiba (PR) e Buenos Aires, na Argentina. Além do WhatsApp, a marca disponibiliza o FPT Atende por meio do telefone 0800-378-0000 e no e-mail faleconosco@fptindustrial.com, reforçando o foco no cliente final e suporte ao campo. 

“Criar, significa não apenas pensar em algo novo. Muitas vezes o conceito pode estar na atualização de um produto, em suas aplicações ou no modo como é produzido. Em nossa história, introduzimos avanços tecnológicos como a injeção Common Rail e o sistema HI-eSCR (Redução Catalítica Seletiva de Alta Eficiência). Nosso DNA inovador nos ajuda a construir o que queremos ser: uma marca de powertrain 4.0, que oferece soluções a clientes 4.0”, afirma Marco Rangel, presidente da FPT Industrial para a América do Sul.

PRÊMIO VALOR INOVAÇÃO BRASIL

As ações da FPT Industrial contribuíram para a CNH Industrial ser novamente eleita uma das 10 empresas mais inovadoras do Brasil, no Prêmio Valor Inovação Brasil, promovido pelo jornal Valor Econômico, em parceria com a Strategy&, consultoria estratégica do Network PwC. A premiação reflete os investimentos constantes em pesquisa e desenvolvimento, além da cultura de open innovation, ou inovação colaborativa, uma visão mais abrangente sobre inovação, que vai além da questão tecnológica, que tem por foco o cliente final.

A FPT Industrial é uma empresa do Grupo CNH Industrial voltada ao design, produção e comercialização de sistemas de propulsão para veículos on road e off road, máquinas agrícolas e de construção e também aplicações marítimas e de geração de energia. Com uma gama de produtos diversificada, a FPT Industrial trabalha com potência máxima de 31 kW (42 hp) até 740 kW (1006 hp), cilindradas de 2,2L a 20L, transmissões com torque máximo de 200 Nm a 500 Nm, eixos dianteiro e traseiros de 2 toneladas a 32 toneladas e geradores de energia com potência máxima de 30 kVA a 700 kVA. Líder mundial na produção de powertrain e de venda de motores GNV, a companhia conta com aproximadamente 8.400 colaboradores em todo o mundo distribuídos em 10 plantas, sendo duas delas na América Latina – em Sete Lagoas (MG/Brasil) e em Córdoba (Argentina) – e sete centros de P&D (Pesquisa e Desenvolvimento), entre os quais um em Betim (MG/Brasil). Tudo isso faz da FPT Industrial, uma empresa completa e que impulsiona o futuro por meio da sua tecnologia. Para mais informações, visite www.fptindustrial.com e www.blogdafpt.com.br ou acompanhe as novidades da marca no Facebook e no Linkedin.

CNH Industrial N.V. (NYSE: CNHI /MI: CNHI) uma das líderes globais no setor de bens de capital com experiência industrial reconhecida, tem uma ampla gama de produtos e presença mundial. Cada uma das marcas individuais que pertencem à empresa é uma força internacional de destaque em seu setor específico: Case IH, New Holland Agriculture e Steyr para tratores e máquinas agrícolas; CASE Construction Equipment e New Holland Construction para equipamentos de movimentação de terra; IVECO para veículos comerciais; IVECO BUS e Heuliez Bus para ônibus urbanos e rodoviários; Iveco Astra para veículos de pedreira e construção; Magirus para veículos de combate a incêndio; Iveco Defence Vehicles para defesa e proteção civil; e FPT Industrial para motores e transmissões; CNH Industrial Capital para serviços financeiros. Mais informações estão disponíveis no website da empresa: www.cnhindustrial.com.

Cursor 13 é o motor a gás natural mais potente das estradas

Propulsor seis cilindros de 460 cv de potência foi desenvolvido para aplicações de longa distância, entregando alta confiabilidade e menores custos operacionais

Economia com combustível chega a 20% no Brasil, em comparação à motorização movida a diesel, além de emitir menos ruído de funcionamento

Líder no segmento de gás natural, a FPT Industrial disponibiliza ao open market no Brasil o motor FPT Cursor 13 Gás Natural. Trata-se do mais potente propulsor seis cilindros 100% movido a gás natural comprimido, gás natural liquefeito e biometano.

Sucesso na Europa, o FPT Cursor 13 Gás Natural é o primeiro motor on-road especialmente desenvolvido para aplicações de longa distância, garantindo alta confiabilidade e menores custos de operação. A exclusiva tecnologia de combustão estequiométrica da FPT Industrial garante performance e rendimento para o transporte rodoviário de cargas e passageiros.

Com 460 cv de potência e torque máximo de 2000 Nm a 1100 rpm, esta poderosa unidade de força proporciona uma economia de custos com combustível de até 20% no Brasil, em comparação à motorização equivalente a diesel, além de menor ruído de funcionamento.

Graças a um sistema de pós-tratamento por meio de um catalisador de três vias, compacto e sem necessidade de manutenção, a exclusiva tecnologia de combustão estequiométrica da FPT Industrial contribui para o que FPT Cursor 13 Gás Natural seja a solução mais adequada para montadoras de transporte de cargas e passageiros, proporcionando carga útil otimizada e melhor aproveitamento de espaço.

Desta forma é possível instalar tanques de combustível mais espaçosos nos veículos pesados, aumentando a autonomia nas estradas.

A FPT Industrial detém um amplo portfólio de motores a gás natural de 3 litros a 12,9 litros e potências de 136 cv (100 kW) a 460 cv (338 kW), que equipam, no mercado aberto, veículos comerciais, caminhões leves, médios e pesados, e ônibus em diferentes aplicações.

CUSTO COMPETITIVO, CONFIABILIDADE E EFICIÊNCIA

Os motores a gás têm custo total de propriedade competitivo, além de oferecer todas as vantagens dos motores a combustão tradicionais, inclusive a confiabilidade. A experiência da FPT Industrial em gás natural também abre caminho para uma indústria mais ecológica, já que o biometano é compatível com os motores e pode ser gerado a partir de fontes renováveis ou por meio da reciclagem de resíduos orgânicos, reduzindo as emissões de CO2 a quase zero. 

“Estamos sempre a frente no desenvolvimento de powertrain associado a combustíveis alternativos. Com o FPT Cursor 13, trazemos ao mercado brasileiro um produto que carrega toda a tecnologia da marca em gás natural. Nosso trabalho tem como objetivo proporcionar máxima eficiência aliada aos menores custos operacionais, pensando em um futuro mais verde”, afirma o presidente da FPT Industrial para a América do Sul, Marco Rangel.

FICHA TÉCNICA
FPT Cursor 13 Gás Natural

Cilindrada: 12.9L
Potencia [cv]: 460 @ 1900 rpm
Torque [Nm]: 2000 @ 1100 rpm
Número de cilindros: 6
Número de válvulas por cilindro: 4
Aspiração: Turbocompressor
Injeção: Multiponto estequiométrica
Diâmetro X curso [mm]: 135 x 150
Dimensões C/L/A [mm]: 1.610/1.027/1.178
Combustível: Gás natural comprimido, gás natural liquefeito e biometano
Peso [Kg]: 1240

Eficiência e preservação do ambiente com a evolução do motor Euro VI

Além de buscar cada vez melhores resultados para as diversas necessidades, nós da FPT temos compromisso com o desenvolvimento sustentável e a preocupação com o meio ambiente com um de nossos pilares.

Por isso, a evolução do motor Euro VI é um grande motivo de orgulho. Com pesquisas e trabalho de melhoria constantes, o motor possui combustão otimizada e em uma eficiência de conversão de NOx muito alta. Isso resulta na diminuição dos níveis de emissão de gases poluentes e a possibilidade de funcionamento atendendo nossas metas de preservação.

Isso representa verdadeira evolução no segmento, garantindo nosso compromisso de redução das emissões sem perda alguma de eficiência para todas as aplicações!

Estamos na Agrishow Experience 2020

Durante toda esta semana, de 14 a 18 de setembro, estamos na AGRISHOW EXPERIENCE, em formato online, apresentando o nosso portfólio de soluções customizáveis em geradores de energia e motores (G-Drive).

Dessa forma, o público de uma das maiores feiras de agronegócio da América do Sul poderá explorar, em formato online, os atributos e possibilidades dos geradores de energia – nas configurações Aberto e Cabinado, de 30 kVA a 700 kVa de potência –, e motores para esta aplicação, com range de potência de 30 kWm a 601 kWm.

Na vitrine virtual, também serão apresentados os motores parciais “Short Block” e “Long Block”, ideais para reposição de motores em campo, com a garantia da marca da CNH Industrial, além de peças, serviços e motorizações para os segmentos on-road, off-road e marítimo.

“Com mais de 150 anos de experiência, a FPT Industrial é uma empresa inovadora, que desenvolve tecnologias em powertrain de acordo com cada realidade. Neste ano de desafios, aceleramos com o agronegócio, apresentando soluções para crescer junto a este mercado na Agrishow Experience 2020”, afirma o presidente da FPT Industrial para a América do Sul, Marco Rangel.

Com uma extensa gama configurável em potência e isolamento térmico e acústico, os geradores de energia FPT Industrial são produtos premium, posicionados no mercado por uma série de inovações como o monitoramento e o controle inteligente, em que o operador pode escolher o modo de funcionamento e controlar os parâmetros do gerador, realizando gestão remota de maneira fácil e simples, graças ao design funcional de navegação.

Fabricada com alto padrão de qualidade, a cabine insonorizada premium é preparada para as condições mais severas de operação, não comprometendo o funcionamento do gerador. Com portas em ambos os lados e construção modular, permite fácil desmontagem, manutenção acessível e simples, otimizando o tempo de reparação e preservando a segurança do operador.

GERADORES DE ENERGIA

Produzidos no Brasil, os geradores de energia FPT Industrial fornecem energia limpa, rápida, confiável, eficiente e com baixo custo de manutenção e tem o suporte da Rede de Distribuidores, onde quer que você esteja. Na aquisição, o cliente conta com condições especiais de financiamento, por meio do Banco CNH Industrial, e FINAME disponível nas versões de 40 kVA a 255 kVA. Além disso, há a exclusiva modalidade Consórcio.

MOTORES PARA APLICAÇÕES EM GERADORES

No mercado de energia desde 1989, a FPT Industrial oferece motores (G-Drive) para as mais diversas aplicações em geradores. Nas últimas décadas a marca da CNH Industrial produziu mais de 400.000 motores para o segmento, se destacando pela alta produtividade e durabilidade, associado a baixos custos operacionais. O portfólio inclui produtos de 50 Hz e 60 Hz com potências de 30 kWm a 601 kWm.

Um dos últimos lançamentos em motores para geradores é o FPT N67TE8, um propulsor seis cilindros de injeção eletrônica capaz de gerar potência em modo stand-by de até 254 kWm.

“Nossos geradores e motores para geração de energia oferecem um conceito inteligente em qualquer situação. São equipamentos pensados em detalhes para que a sua energia chegue mais longe”, afirma o especialista de Marketing Produto da FPT Industrial, André Faria.

Motores para geradores (G-Drive) FPT Industrial

REPOSIÇÃO, PEÇAS E SERVIÇOS

Para o mercado de peças de reposição, a FPT Industrial apresenta na Agrishow Experience 2020 suas opções novas opções de motores parciais “Short Block” e “Long Block”, ideais para o mercado de reposição. Ao todo, são mais de 150 aplicações para as famílias de motores FPT F1, NEF, Cursor e S8000.

“Os Short Block e Long Block originais de fábrica da FPT trazem a qualidade e a agilidade na reparação do equipamento sem precisar de um processo de recondicionamento” explica Faria.

SHORT BLOCK E LONG BLOCK

A marca da CNH Industrial apresenta ainda soluções em peças, serviços e motores. Um a cada quatro tratores e uma a cada duas colheitadeiras comercializadas no Brasil são movidos por motorizações da FPT Industrial, o que demonstra a força da marca, pioneira na tecnologia de injeção Common Rail e preparada para atender as diversas aplicações do agronegócio, com mais de 615 mil motores em circulação na América do Sul.

Inscreva-se já: www.agrishowexperience.com.br/login

MAIS INFORMAÇÕES:


FPT Atende: 0800-378-0000
WhatsApp: (31) 2107-2354
Facebook: www.facebook.com/fptindustrialbrasil
Linkedin: www.linkedin.com/company/fpt-industrial
Instagram: @fptbrasil

Família NEF: sinônimo de versatilidade

Que os produtos da FPT Industrial estão inseridos em diversos seguimentos já é uma realidade! Contudo, uma família de motores se destaca pelo número de aplicações em todo mundo e pela versatilidade. Essa família de motores é a NEF.

A sigla NEF, em inglês significa “NEW ENGINES FAMILY” (Nova Família de Motor). Essa linha de produtos foi criado no final dos anos 90 e começo dos anos 2000, através de uma Joint Venture no qual a FPT Industrial estava inserido, a EEA – European Engines Aliance (Aliança Europeia de Motores).

A família NEF representa o equilíbrio perfeito entre desempenho e complexidade do motor, combinando potência e torque elevado e reduzido consumo de combustível. Com um design exato onde cada componente foi otimizado para ser compacto e muito leve.

Estes motores estão disponíveis em configurações de 4 e 6 cilindros, com injeção Common Rail ou por bomba rotativa mecânica, indução por aspiração natural ou turbocompressor de geometria fixa, com ou sem intercooler, e com 2 ou 4 válvulas por cilindro.

Outra característica dos motores da família NEF, são a versões NÃO ESTRUTURAIS e ESTRUTURAIS, essa última sendo muito utilizada no segmento agrícola.

VANTAGENS DA FAMÍLIA NEF

• Mais de 1800 aplicações, nos mais diversos segmentos em todo mundo;
• Versões: Estrutural e Não Estrutural;
• Melhor densidade de potência (cv/L) em relação aos seus principais competidores
• Mais desempenho com um motor menor
• baixo consumo de combustível.

Geração Millennials contribui para evolução da FPT Customer Experience

Customer Experience (CX), ou Experiência do Cliente, é o conjunto de percepções e impressões que um consumidor possui sobre uma determinada empresa após interagir com ela. Do ponto de vista da marca, é a imagem que ela transmite aos clientes durante o processo completo de interações, antes, durante e após uma conversão, seja ela uma compra ou contratação.

A FPT entende a completa diferença que existe entre os conceitos de atendimento ao cliente e de experiência do cliente.

O atendimento ao cliente envolve a etapa de atendimento durante o processo de compra, ou seja, quando o interessado entra em contato com a marca de alguma forma.

Já a experiência do cliente é bem mais ampla: abrange todas as etapas da jornada do consumidor, desde o momento que conhece a FPT, navega pelo site, blog, redes sociais, entra em contato, conversa com um contato comercial, tira todas as dúvidas e finaliza uma compra, até momentos posteriores, como um eventual atendimento ou suporte pós-vendas, por exemplo.

Por isso, para a FPT, a experiência do cliente é um diferencial no qual a marca busca se destacar, apostando e se empenhando muito em oferecer uma experiência incrível e positivamente inesquecível. Esse compromisso e missão demandam esforço conjunto de todos os setores da empresa e, principalmente, de uma estratégia muito bem definida focada ao público específico da marca.

Para aplicar estratégias de Customer Experience, a marca investe na ampliação e disseminação do conhecimento sobre CX internamente, capacitando e motivando os colaboradores a contribuir para a melhoria permanente da prática.

GERAÇÃO MILLENNIALS

Além disso, no Brasil, as ações em inovação e conhecimento são reforçadas pelo Projeto Geração Millennials, programa voltado as gerações Y e Z que mantém um vínculo permanente da marca com o universo acadêmico. Somente neste ano já foram realizadas palestras técnicas virtuais, de acordo com as medidas de distanciamento, com instituições como PUC Minas, Universidade Federal de Lavras (UFLA) e UNA, campus Contagem, Aimorés e Linha Verde, em Belo Horizonte (MG), além das doações de motores para o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFMG), campus Betim (MG), e um projeto de qualificação de jovens aprendizes mecânicos, mantido pelo Distribuidor Brasif Máquinas em Belo Horizonte.

No mês de janeiro, alunos do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG) visitaram a fábrica de Sete Lagoas (MG). Ainda no início de 2020, o time Geração Millennials participou de um treinamento sobre lubrificantes ministrado pela Petronas, em Contagem (MG).

“Na FPT Industrial, incentivamos a formação de futuros especialistas. Acreditamos que criatividade, boas ideias e soluções são valores essenciais. Tecnologia e pessoas de ponta para desenvolver o powertrain do futuro”, afirma Isabela Costa, gerente de Marketing da FPT Industrial para a América do Sul.

CAMPEONATO DE MICROPROJETOS

Unindo a importância da evolução Customer Experience e do Projeto Geração Millennials, em agosto, Marco Rangel, presidente da FPT Industrial, Sérgio Soares, diretor de engenharia e desenvolvimento de produtos, e Mayla Takahashi, gerente de CX, premiaram os projetos ganhadores do Campeonato de Microprojetos de Inovação em CX realizado junto à Geração Millennials. Em um encontro com a equipe de jovens embaixadores da marca, discutiram sobre “Inovação” e quais  os passos para a execução de um projeto CX. Confira quem foram os vencedores do concurso elaborado entre os integrantes do grupo.

Foram 11 microprojetos inscritos que passaram pelo julgamento das três lideranças. João Abreu ficou com a medalha de ouro; Bruno Francisco conquistou a prata. Lucas Frossard e Aline Santos empataram em terceiro lugar com o bronze.

“A classificação é uma forma de motivar. Todos os 11 projetos serão executados, porém com prioridades diferentes”, explicou Bárbara Loureiro, embaixadora de CX. Os concorrentes terão 45 dias para apresentar o status dos projetos para a equipe julgadora.

INOVAÇÕES QUE FOMENTAM O FUTURO

Em conversa com os ganhadores, todos foram incisivos em afirmar que mais importante que os troféus e a premiação é o reconhecimento e a iniciativa em si.

“Para mim, é extremamente gratificante e importante uma empresa dá essa oportunidade para um recém-chegado ao mercado. Principalmente, dar atenção às inovações. Somos nós colaboradores que mais sabemos dos nossos problemas internos e ter a oportunidade de falar e ser ouvido é muito bom!”, diz João Abreu.

“A iniciativa do processo de inovação nos dá o gatilho de poder transformar. Dá liberdade para a gente criar e ter uma experiência diferente dentro da empresa”, comentou Bruno Francisco, do time de Engenharia de Produtos.

Aline Santos e Lucas Frossard empataram no terceiro lugar. Aline que gosta de ser desafiada também acredita nestas oportunidades. “Desafio é comigo mesmo. É a segunda vez que participo de um desafio na empresa. A colocação é só um detalhe, o que vale é a visibilidade e as projeções futuras que isso pode me dar”, diz Aline Santos.

Foto Bruno Francisco

Lucas Frossard, do time de ‘Plataformas’, conta que “essas iniciativas possuem um caráter de grande importância para a empresa, pois além de promoverem a reflexão de como podemos melhorar a experiência do cliente em relação à FPT, também reconhecem e premiam as principais ideias dos próprios colaboradores”.