Cursor 13 acelera o Rally Dakar 2019

Mais uma vez, a FPT Industrial é uma das protagonistas do Rally Dakar. Os quatro caminhões PowerStar, do time Petronas De Roy IVECO, estão equipados por um motor Cursor 13.

Nesta edição da competição, que é considerada uma das mais extremas do mundo, os caminhões irão cruzar o Peru em uma aventura épica: serão 5.000 km e dez etapas — que acontecem entre os dias 6 e 17 de janeiro — atravessando dunas, terrenos rochosos e arenosos. Toda a paisagem de natureza extrema tem papel decisivo na performance dos pilotos e das máquinas.

O Cursor 13 foi preparado para todos os desafios da competição, recebendo configuração diferenciada para oferecer excelente desempenho e absoluta robustez durante o percurso, entregando confiabilidade e até 1.000 cv de potência. 

O motor assegura alta densidade de potência e torque mesmo em grandes altitudes, mantendo a velocidade e oferecendo total controle e segurança para o piloto.

História

A história do Dakar é tão inusitada quanto a competição, que começou em 1977, quando o piloto francês Thierry Sabine se perdeu no deserto do Saara e viu ali uma oportunidade perfeita para promover um rali.

Ele foi batizado com este nome pelo trajeto, que iniciava em Paris, França, e terminava em Dacar, capital do Senegal, levando os pilotos a percorrerem 10 mil quilômetros. Desde 2009, o evento passou a acontecer na América do Sul, mas o nome foi mantido.

Estamos na 41ª edição da disputa, que é considerada uma das mais perigosas do mundo e expõe os pilotos a trajetos repletos de obstáculos no meio do deserto. É muita adrenalina, não é mesmo?!

Acompanhe nossas redes sociais para não perder nenhum momento do #Dakar2019!

Motores FPT para veículos Off Road: inovação e cuidados com o meio ambiente

Para atender às necessidades exigidas pelas aplicações Off Road, sejam elas para terraplanagem, construção, agricultura, irrigação ou máquinas especiais, cada tipo de motor é projetado com uma estrutura inovadora, com cabeçote multiválvulas, turbocompressores de geometria fixa ou variável, sistemas de injeção mecânica e sistemas de injeção Common Rail de pressão controlados eletronicamente.

E, mais uma vez, dedicamos uma atenção especial às questões ambientais: os níveis de ruído dos motores foram reduzidos ainda mais, enquanto o moderno sistema de recirculação de gases de exaustão (escape) evita sua emissão na atmosfera. Para atender aos limites de emissões impostos pelas normas do Tier 3, a estratégia da FPT Industrial é baseada na diferenciação das tecnologias disponíveis para satisfazer os critérios de custo, tamanho e consumo para cada aplicação. Especialmente, a FPT oferece a tecnologia EGR (Recirculação de Gases de Escape) externa combinada com um DPF (Filtro de Partículas Diesel) para os motores da série F1. Para um uso mais intenso em todos os motores das séries NEF e CURSOR, a FPT oferece um sistema de SCR (Redução Catalítica Seletiva) de alta eficiência, que processa gases de escape com um líquido catalisador (DEF/AdBlue). Assim, ocorre uma redução considerável dos custos de operação e manutenção.

E aí? Já operou algum veículo Off Road com a tecnologia da FPT Industrial? Conte sua experiência pra gente nos comentários!