Felipe Giaffone é destaque pela FPT na etapa de Santa Cruz do Sul da Copa Truck

Felipe Giaffone garante segunda posição na corrida dois em Santa Cruz do Sul

Mais um domingo de grandes emoções marcou a etapa de Santa Cruz do Sul. A quinta corrida da temporada 2019 da Copa Truck foi marcada por disputas emocionantes pela liderança, agitando o público gaúcho que lotou o Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul. 

O traçado veloz do circuito gaúcho permitiu ultrapassagens e defesas de posição memoráveis no domingo. O regulamento da competição divide a prova em duas corridas e, ao final da primeira, os oito melhores classificados são invertidos para uma nova largada, o que possibilitou grandes disputas na segunda metade.

Emoção em Santa Cruz do Sul

Logo nas primeiras voltas, Felipe Giaffone, piloto da equipe Usual Iveco Racing e campeão da categoria em 2017, imprimiu forte pressão ao então líder, Regis Boessio. Após algumas tentativas de defesa, Boessio não conseguiu sustentar a posição e foi ultrapassado por Giaffone, que fez o motor Cursor 13 da FPT falar mais alto na reta principal.

Mas o melhor da prova ainda estava por vir. Giaffone protagonizou um polêmico embate pela liderança com o Paulo Salustiano. Na primeira tentativa de ultrapassagem, o piloto da Iveco defendeu a posição por dentro e foi tocado pelo adversário. Em resposta, também tocou o rival e chegou a ficar com seu caminhão de lado na reta principal em uma manobra incrível para defender a posição.

Felipe Giaffone é segundo lugar em Santa Cruz do Sul
Etapa da Copa Truck rendeu grandes disputas entre os brutos

Na volta seguinte, Salustiano conseguiu tomar a dianteira e freiou bruscamente no final da mesma reta, gerando um toque de Giaffone na traseira, o que levou à revolta do piloto da Usual Racing.

Terceira Copa 

Com a segunda posição garantida na corrida dois, Felipe Giaffone somou 29 pontos no fim de semana, o que lhe rendeu a 3ª posição na classificação da Terceira Copa, iniciada na etapa de Santa Cruz do Sul. 

Os três melhores colocados de cada Copa garantem uma vaga na Super Copa, que define o campeão da temporada. A última etapa acontece em dezembro, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Giaffone já tem vaga assegurada após o vice-campeonato da Primeira Copa, que incluiu as etapas de Goiânia (GO) e Campo Grande (MS).

Entre os outros pilotos da Iveco, Djalma Pivetta, companheiro de equipe de Giaffone, somou 12 pontos na etapa e está em 11º lugar na Terceira Copa. Jaidson Zini, da Dakar Motorsport, fez 10 pontos na etapa e é o 13º na classificação. Danilo Alamini, que estreou na temporada em Santa Cruz do Sul, somou 8 pontos e é o 15º colocado.

A Copa Truck volta às pistas no dia 01/09, em Rivera, no Uruguai!

FPT Industrial acelera os caminhões da Iveco na terceira etapa da Copa Truck

Neste fim de semana, Londrina, no Paraná, recebe pela primeira vez a Copa Truck, maior competição de caminhões do Brasil. A FPT Industrial participa da terceira etapa da temporada 2019 acelerando os caminhões IVECO dos pilotos Djalma Pivetta (#21) e Felipe Giaffone (#4), da equipe Usual Racing, Luiz Lopes (#99) e Fabio Carvalho (#100), da Lucar Motorsport, e Jaidson Zini (#25), da Dakar Motorsport.

Sob o capô, os pesados trazem o desempenho do FPT Cursor 13, disponível nos IVECO Hi-Road (com potências de 400 cv e 440 cv) e Hi-Way (440 cv, 480 cv e 560 cv). Para a Copa Truck, a potência chega a 1.200 cv por meio de uma preparação especial, permitindo que os caminhões alcancem velocidades de até 250 km/h na pista.

A etapa de Londrina marca o início da Segunda Copa. A temporada da categoria é dividida em copas, que classificam os três melhores colocados para a etapa final da temporada, que ocorre no Autódromo de Interlagos (SP), em dezembro. A Primeira Copa incluiu as corridas em Goiânia (GO) e Campo Grande (MS), enquanto a Segunda engloba as corridas de Londrina e Curvelo (MG).

Entre os pilotos que aceleram os propulsores da FPT Industrial, o destaque é Felipe Giaffone. Campeão em 2017, o piloto fez a pole position na etapa inaugural, em Goiânia, e registrou bons resultados nas quatro corridas das duas etapas. Assim, Giaffone garantiu o segundo lugar geral na Primeira Copa, com classificação assegurada para a Grande Final, em dezembro.

Cursor 13: Desempenho extraordinário

Com 12,9 litros, o FPT Cursor 13 se distingue pelo extraordinário desempenho combinado com uma redução do consumo de combustível e torque máximo disponível em baixas rotações. O turbocompressor de geometria variável controlado eletronicamente (E-VGT) permite torque de até 2.500 Nm disponível em baixa rotação de apenas 1.000 rpm, o que garante um nível superior de flexibilidade e eficiência de combustível.

O especialista de Marketing Produto da FPT Industrial, André Faria, destaca que competições como a Copa Truck servem para avaliar o desempenho dos motores presentes nos caminhões comerciais. “A Copa Truck coloca à prova a performance dos nossos motores sob altas exigências. Esse mesmo espírito está presente nos caminhões de rua. Resistência, eficiência e alta tecnologia são atributos reconhecidos da FPT Industrial”, afirma.